Já curtiu?

Pesquisar este blog

Paracletologia (Estudo do Espírito Santo)

I _ Introdução:

     Muitas pessoas acreditam que o Espírito santo é uma força que vem de Deus e não tem personalidade. Mas isto é um erro. O Espírito santo é a Terceira Pessoa da  Santíssima Trindade.
     O Espírito santo é Deus e é uma pessoa em toda sua plenitude. Ele fala, guia, ensina e consola. E como alguém provido de personalidade, ele tem vontade e emoções.
     A pessoa do Espírito Santo está presente em toda a Bíblia, na criação, já estava lá. Foi Jesus quem nos deixou o Espírito Santo como Consolador.

II- A Doutrina do Espírito Santo:

     O estudo da doutrina do Espírito Santo chama-se pneumatologia, que vem do termo grego pneuma, que significa ar, vento, espírito. Alguns teólogos chamam o estudo da doutrina do Espírito Santo de paracletologia. Em grego, paracleto significa consolador, alguém que é chamado para ficar do lado de outro para ajudar.
     No Dia de Pentecostes, o Espírito Santo foi derramado sobre a igreja (At 2.2), batizando-os como lhes prometera o Senhor Jesus. Depois disso, os discípulos passaram a pregar e a evangelizar, alcançando Israel e as nações gentias.
     O Espírito Santo possui atributos divinos que são onipresença, onisciência e onipotência.
     Como igreja de Cristo devemos manter comunhão com Ele, preservando os valores bíblicos que fundamentam a fé pentecostal.

III - Os Nomes do Espírito Santo.

     Os nomes e os símbolos do Espírito Santo revelam o seu caráter e a sua obra.

     a) Nomes que relacionam o Espírito Santo à Trindade:

          a.1) Espírito de Deus, Espírito do Senhor, Espírito do Seu Filho e Espírito de Cristo (Gn 1.2; Is 11.2; Fp 1.19; Gl 4.16)

     b) Consolador:

     É um dos nomes mais conhecidos do Espírito Santo. Na ascensão de Cristo,os discípulos estavam preocupados de como ficariam sem o Mestre. Jesus lhes disse que lhes enviaria o Consolador, para que não se sentissem órfãos.

     c) Espírito da Verdade:

     A missão do Espírito Santo é revelar a verdade de Deus em Jesus Cristo. Ele convence o homem do pecado, da justiça e do Juízo: "Quando o Auxiliador vier, ele convencerá as pessoas do mundo de que elas estão erradas a respeito do pecado e do que é direito e justo e também do julgamento de Deus". (Jo 16.8), levando-o a crer na verdade, que é Jesus Cristo.

     d) Espírito de Graça:

     É o Espírito Santo que convence o homem de seu pecado. A salvação vem pela graça e não há salvação sem arrependimento verdadeiro. Segundo o Dicionário Bíblico, a salvação é um "livramento do perigo e da morte; em sentido especial, livramento de tudo o que faz separação entre o homem e Deus."

     e) Espírito de Vida:

     O pecado trouxe morte espiritual ao homem. Sem Ele, estaríamos mortos em nossos próprios pecados (Ef 2.1). O Espírito Santo operou em nós um novo nascimento, nos dando uma nova vida em Cristo.



IV - Os Símbolos do Espírito Santo

      a) Fogo:
  
      "Mas João disse a todos: 
      _ Eu batizo vocês com água, mas está chegando alguém que é mais importante do que eu, e não mereço a honra de desamarrar as correias das sandálias dele. Ele os batizará com  o Espírito Santo e com fogo." (Lucas 3.16)
      O fogo fazia parte da liturgia hebraica no Antigo Testamento e simbolizava a presença de Deus, a purificação e o juízo divino. Quem recebe o Espírito Santo, recebe o fogo purificador que o ajuda a viver em santidade.

     b) Água:

     Disse Jesus: "... mas a pessoa que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Porque a água que eu lhe der se tornará nela uma fonte de água que dárá vida eterna." (Jo 4.14)
     Sem a água,o ser humano não vive. Ela é vital para a vida. É o Espírito Santo quem sacia a nossa sede espiritual.

     c) Selo:

     " Com o fim de sermos para louvor de sua glória, nós, os que primeiro esperamos em Cristo; em quem vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação,e, tendo nele crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa." (Éfésios 1.12,13)
     O selo era usado para designar a posse de uma pessoa sobre algum objeto ou coisa por ela selada. Ele é um símbolo de propriedade. Quando fomos selados pelo Espírito Santo ao aceitarmos a Jesus, nos tornamos propriedade de Deus.

     d) Pomba:

     "E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como uma pomba e vindo sobre ele." (Mateus 3.16)

     A pomba foi a forma em que o Espírito Santo apareceu no batismo de Jesus


Fontes: Bíblia Sagrada Popular, 1998, Editora Vida; Lições Bíblicas, 2011, CPAD; Biblia Sagrada Turminha Querubim, 2008, Editora Luz e Vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário, ele é muito importante para nós. Agradecidas!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...